Abastecimento de gás - Open BIM Gas Supply

Solicite proposta de fornecimento dos programas de CYPE

Abastecimento de gás - Open BIM Gas Supply

Abastecimento de gás e Open BIM Gas Supply são a mesma ferramenta. Foram concebidas para o desenho, cálculo, verificação e dimensionamento automático de redes de gás. Além demais, permitem a leitura de modelos topográficos do terreno em formato IFC4.

Na versão 2019.e do software CYPE, a "suite" de programas de infraestruturas urbanas (Abastecimento de água, Saneamento, Eletricidade e Abastecimento de gás) inclui-se dentro do fluxo de trabalho Open BIM. A partir deste momento, a "suite" é acessível, como até agora, a partir do menu geral de programas CYPE (com a sua denominação clássica) e também como programas que podem descarregar-se a partir da plataforma "BIMserver.center" (com a sua denominação em inglês):

Características do programa

Abastecimento de gás - Open BIM Gas Supply

O consumo pode-se introduzir como caudal ou como potência calorífica a instalar no nó.

Em instalações com gases combustíveis, o consumo de um nó pode-se expressar como potência calorífica.

Em consumos industriais ou de grandes superfícies comerciais, calcular-se-á o consumo total por soma direta dos consumos dos aparelhos.

O cálculo da instalação realiza-se segundo os tipos de condutas, diâmetros, caudais (ou potência calorífica) e pressões de abastecimento.

Calculam-se as quedas de pressão através da fórmula de Renouard.

Limita-se a pressão mínima e a velocidade máxima.

Permite a leitura de modelos topográficos do terreno em formato IFC4, se a obra estiver conectada a um modelo BIM alojado no BIMserver.center que contenha o ficheiro IFC4 com os dados do terreno definidos numa entidade do tipo "IfcGeographicElement".

 

Fluxo de trabalho Open BIM

Com a tecnologia Open BIM é possível implantar um fluxo de trabalho colaborativo, multidisciplinar e multiutilizador que permite o desenvolvimento de projetos de forma aberta, coordenada e simultânea entre os distintos técnicos ou agentes intervenientes.

A inclusão no fluxo de trabalho Open BIM de "Abastecimento de gás" e "Open BIM Gas Supply" permite importar um ficheiro IFC4 que inclua o modelo topográfico do terreno definido numa entidade do tipo "IfcGeographicElement" (de igual forma que os restantes programas de infraestruturas urbanas da CYPE).

A única diferencia entre as versões clássicas dos programas de infraestruturas e as que se podem descarregar a partir da plataforma BIMserver.center, é que nas clássicas é opcional a conexão a um modelo BIM e as da plataforma BIMserver.center devem conectar-se obrigatoriamente a um modelo BIM.

Tenha em conta que a conexão ao modelo BIM de um projeto (que é possível a partir de ambas as versões do programa) só possui vantagens e nenhum inconveniente. A conexão a um modelo BIM, não implica alterar o modo de trabalho durante a introdução, cálculo, dimensionamento e obtenção da documentação da instalação:

  • Se não existir conexão com um modelo BIM (só é possível a partir da versão clássica do programa), se perde a possibilidade de ler automaticamente a topografia do terreno e a de trabalhar num fluxo de trabalho colaborativo, multidisciplinar e multiutilizador.
  • Se existir conexão com um modelo BIM, a importação da topografia do terreno e o trabalho colaborativo, multidisciplinar e multiutilizador são opcionais.

    A partir do programa pode conectar-se a um modelo BIM existente na plataforma BIMserver.center ou criar um novo vazio, que permitirá em qualquer momento a incorporação de outras especialidades que intervenham no projeto se desejar (abastecimento de água, eletricidade, abastecimento de gás, estrutura...).

 

Vantagens da inclusão da obra no fluxo de trabalho Open BIM

Algumas das grandes vantagens que o fluxo de trabalho Open BIM aponta aos programas de infraestruturas CYPE, são:

  • Importação do modelo topográfico do terreno
    Se importou um IFC com o modelo topográfico do terreno, este aparecerá no ecrã representado com curvas de nível e quando se introduzem os nós da rede será utilizada a cota do terreno onde se situam automaticamente, facilitando enormemente a definição da rede. Recorde que isto é possível se o IFC mencionado for um IFC4 que contém os dados do terreno numa entidade do tipo "IfcGeographicElement". Se além disso, se desejar que a geometria do terreno seja visível nas vistas 3D do programa e no visor 3D do BIMserver.center, o IFC4 deve ter associado um ficheiro GLTF que inclua essa vista 3D.
  • Importação da vista 3D de outras especialidades
    Se no modelo BIM do projeto existem outras infraestruturas ou qualquer outra especialidade do projeto (abastecimento, eletricidade, abastecimento de gás, estrutura...), o programa pode importar a vista 3D. Com a visualização conjunta da instalação de abastecimento de água e outras especialidades, o utilizador pode detetar à simples vista possíveis colisões.
  • Exportação para o modelo BIM da documentação e da vista 3D da instalação gerada pelo programa
    Toda a documentação que gera o programa é exportada para o projeto BIM alojado na plataforma BIMserver.center (listagens em "pdf", desenhos em "dxf" e vista 3D em "gltf"). A exportação para o modelo BIM só se realiza quando o utilizador selecione o botão .
  • Atualização da informação importada do modelo BIM
    O programa avisará o utilizador quando exista alguma modificação no modelo BIM de outras especialidades (o botão aparecerá a funcionar de forma intermitente). O utilizador decide quando quer atualizar a informação.
  • Delimitação de responsabilidades
    A documentação exportada para o modelo BIM está identificada com o autor pelo que ficam delimitadas claramente as responsabilidades de todos os técnicos intervenientes no projeto.
  • Não se exporta a obra introduzida no programa
    A instalação introduzida no programa permanecerá no disco duro do autor. Só se exporta a documentação gerada pelo programa.
  • Perda de conexão a internet
    Se em algum momento se perdesse a conexão à Internet, o utilizador pode continuar a trabalhar com a obra, já que esta se encontra alojada no seu disco duro. Enquanto não recuperar a conexão à Internet, a única tarefa que não poderá executar, é atualizar os dados importados nem exportar a documentação para o modelo BIM.

 

 

Documentação do projeto

Além dos resultados que podem consultar-se no ecrã (dados de cálculo de nós e dados de cálculo de tramos com resultados por hipóteses, combinações ou envolventes), o programa gera a documentação do projeto que se descreve seguidamente (listagens e desenhos). Esta documentação pode imprimir-se a partir do programa, exportar-se em diversos formatos e exportar-se para o modelo BIM alojado na plataforma BIMserver.center se a obra estiver conectada a um modelo BIM.

Em listagens

  • Memória de cálculo
    Descrição da rede de gás e dos materiais utilizados, descrição de terrenos, formulação, combinações, listagem de nós, listagem de tramos, envolvente, medição e medição da escavação.
  • Resultados em nós
    Numeração de nós, coordenadas, caudal instalado, caudal consumido, altura piezométrica e pressão disponível.
  • Resultados em tramos
    Comprimento, diâmetro, caudal instalado, caudal consumido, caudal, velocidade e perdas.

Em desenhos

  • Desenhos da instalação

    • Quadros de medições
    • Quadros de escavações
    • Informação de resultados de cálculo por hipóteses, combinações ou envolventes de:

      • Nós: caudal (potência), pressão de abastecimento, cota, cota da rasante, cota do terreno, pressão no nó
      • Tramos: dimensão, material, caudal, queda de pressão e velocidade

 

Inicio Volver al inicio

CYPE em Portugal · Top - Informática, Lda. - Tel. 253 209 430
Rua Comendador Santos da Cunha, 304, 4700-026 Braga
Av. 5 de Outubro, 72 – 7º A - 1050–059 Lisboa
Home | Top-Informática | CYPE Ingenieros | Novidades | Produtos | Suporte Técnico | Serviços |
Aviso Legal | Contacte | Sugestões | Subscrição | Noticias | Mapa Web